Web Radio Jesus Cristo Gospel: Giro da Noticia

terça-feira, 15 de setembro de 2015

Giro da Noticia

Teixeira de Freitas: Bebê nasce durante visita de mãe a companheiro detido

Criança nasceu dentro do Conjunto Penal de Teixeira de Freitas
Uma mulher deu a luz uma menina dentro do Conjunto Penal de Teixeira de Freitas, no extremo sul do estado. O parto ocorreu durante uma visita de Graziele Martins ao companheiro, que é detento no local. Segundo informações da Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap), o caso ocorreu no domingo (14), por volta das 15h30. Com a mulher em trabalho de parto, uma unidade do Samu foi chamada, mas Graziele deu à luz antes de a ambulância chegar. Três agentes penitenciários colaboraram no procedimento. Realizado o parto, mãe e bebê foram levados para a maternidade de um hospital local. Não foi divulgado o estado de saúde deles. (Bahia Notícias)

Ministro Joaquim Levy anuncia pacote de corte de gastos e propõe volta da CPMF

Joaquim Levy anuncia corte (Foto: Blog do Planalto)
Após um final de semana de muitas reuniões entre a presidente Dilma Rousseff e vários de seus ministros, o governo federal anunciou nesta segunda-feira (14) um bloqueio adicional de gastos no orçamento de 2016 no valor de R$ 26 bilhões. Além disso, o governo também anunciou uma nova rodada de alta de tributos, com a proposta de retorno da CPMF. A CPMF, segundo os cálculos divulgados pelo governo, vai ser responsável por metade do ajuste nas contas públicas anunciado nesta segunda-feira para o ano de 2016, que é de R$ 64,9 bilhões. “O objetivo é que a CPMF não dure mais do que quatro anos”, disse o ministro da Fazenda, Joaquim Levy. Também foi anunciado que haverá redução de ministérios e cargos de confiança, gerando uma redução de gastos de R$ 200 milhões. Esses cortes, no entanto, não foram detalhados. Após um final de semana de muitas reuniões entre a presidente Dilma Rousseff e vários de seus ministros, o governo federal anunciou nesta segunda-feira (14) um bloqueio adicional de gastos no orçamento de 2016 no valor de R$ 26 bilhões. Além disso, o governo também anunciou uma nova rodada de alta de tributos, com a proposta de retorno da CPMF. A CPMF, segundo os cálculos divulgados pelo governo, vai ser responsável por metade do ajuste nas contas públicas anunciado nesta segunda-feira para o ano de 2016, que é de R$ 64,9 bilhões. (G1)

Dilma insiste em manter programas sociais e dificulta corte de despesas bilionário

Foto: Divulgação
O maior desafio da equipe responsável pelos novos cortes de despesas do governo federal é a determinação da presidente Dilma Rousseff em manter os programas sociais. Segundo a coluna Painel, da Folha de S. Paulo, a petista não aceita reduzir dotações mesmo para projetos com menor visibilidade. Para os ministros que participaram das reuniões neste fim de semana, essa postura impedirá que o corte chegue aos R$ 20 bilhões anunciados. Já os ministros da área social alertam que, caso haja cortes no setor, há risco de reação extrema dos movimentos sociais. O governo deve realizar uma coletiva logo após de informar as medidas ao vice-presidente Michel Temer e aos presidentes da Câmara e do Senado, Eduardo Cunha e Renan Calheiros, que estão na Rússia. (Bahia Notícias)

Nenhum comentário:

Postar um comentário