Web Radio Jesus Cristo Gospel: Ex-empresário acusa mulher de Michael Schumacher de proibi-lo de visitar o piloto

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Ex-empresário acusa mulher de Michael Schumacher de proibi-lo de visitar o piloto

Ex-empresário acusa mulher de Michael Schumacher de proibi-lo de visitar o piloto

Família impede visitas ao piloto Foto: Albert Gea / REUTERS

Empresário de Michael Schumacher por mais de 20 anos, Wili Weber não se conforma com o afastamento imposto pela mulher do piloto, Corinna. Nas redes sociais, o homem de 74 anos fez um desabafo e contou que não pode visitar o amigo, que sofreu um grave acidente de esqui em dezembro de 2013. "Corinna me impede qualquer contato com Michael. Tentei dezenas de vezes falar com ela para conseguir uma permissão para visitar meu amigo, mas ela nunca deixou", contou Weber em entrevista ao jornal alemão Bild.
Schumacher e Weber em 2002: amigo lamenta não ter informações sobre o estado do piloto
Schumacher e Weber em 2002: amigo lamenta não ter informações sobre o estado do piloto Foto: Kai Pfaffenbach / Reuters
O ex-agente lamenta não ter visto Schumacher no último Natal. "Antes do acidente, o meu relacionamento com ele sempre foi ótimo. Duas semanas antes do acidente, estivemos juntos e fizemos planos que, infelizmente, não fomos capazes de realizar", lamentou Weber. Corinna só permite a visitação de familiares e de amigos muito próximos do marido, que se recupera lentamente dos danos cerebrais que sofreu durante a tragédia. "Entendo a dificuldade da situação, mas ela é terrível para mim também. Nossas famílias foram próximas por 25 anos e agora ninguém entende", lamenta Weber.
O piloto segue o tratamento em casa, na Suíça. Cerca de 15 pessoas fazem parte da equipe que cuida de Schumacher. Os familiares raramente divulgam alguma informação sobre o real estado de saúde do alemão. A última vez que a porta-voz da família, Sabine Kehm, veio à público foi há pouco dias para desmentir a notícia da revista alemã Bunte, que disse que Schumacher estaria dando seus primeiros passos. "Infelizmente, nós somos forçados a esclarecer que a informação de que Michael estaria se movendo de novo não é verdade. Essa especulação é irresponsável dada a gravidade de seus ferimentos. Infelizmente, ela também dá falsas esperanças a muitas pessoas envolvidas", disse Sabine.
Weber e o piloto em 1992: amigos por mais de 20 anos
Weber e o piloto em 1992: amigos por mais de 20 anos Foto: Oliver Multhaup / EFE/Arquivo

Nenhum comentário:

Postar um comentário