Web Radio Jesus Cristo Gospel: Pesquisadores de SP trabalham para desenvolver vacina contra o Zika vírus

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Pesquisadores de SP trabalham para desenvolver vacina contra o Zika vírus

Pesquisadores do Instituto Butantan, em São Paulo, trabalham para desenvolver armamento pesado contra o Zika vírus. A vacina deve demorar pelo menos três anos para ficar pronta, mas o soro pode ser aprovado bem antes.

As pesquisas de um soro para tentar neutralizar o vírus da Zika no corpo humano estão na primeira fase e por isso ainda restam muitas dúvidas. Qual será a eficiência? Ele poderá mesmo evitar a microcefalia nos bebês? A boa notícia é que os especialistas do Instituto Butantan, em São Paulo, já têm um caminho a seguir.
Os testes com pequenos animais começam já na próxima semana e depois de várias fases, inclusive com experiências em animais de grande porte, como cavalos, a expectativa é que no ano que vem, o soro já possa ser testado em humanos.
A coordenadora do Comitê de Virologia Clínica da Sociedade Brasileira de Infectologia afirma que a tecnologia para o desenvolvimento desse tipo de soro não é nova e que ele pode, sim, dar certo.
“Você vai produzir um anticorpo muito específico contra um determinado ponto do vírus que pode ser fundamental para ele entrar na célula do bebê. Se você conseguir isso, você impede o dano fetal”, explica Nancy Bellei.
Combate ao mosquito
O Ministério da Educação reuniu mais de 100 secretários de estados e municípios, além de representantes de escolas públicas e particulares. O tema do encontro foi o combate ao mosquito que transmite a Zika e a dengue.
Aloízio Mercadante pediu que todas as escolas e universidades levem os alunos para as ruas no dia 13 de fevereiro, para participar de um mutirão de limpeza.

Nenhum comentário:

Postar um comentário