Web Radio Jesus Cristo Gospel: Janot: ninguém é imune a investigações

quinta-feira, 17 de março de 2016

Janot: ninguém é imune a investigações

Procurador foi questionado sobre a possibilidade de abrir um inquérito contra Dilma, suspeita de tentar obstruir as investigações da Lava Jato
Procurador-geral da República está na Suíça / Marcelo Camargo / Agência BrasilProcurador-geral da República está na Suíça
O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, afirmou nesta quinta-feira (17), que ninguém é imune a investigações. Ele está na Suíça e foi questionado, sobre a possibilidade de pedir a abertura de um inquérito contra a presidente Dilma Rousseff, suspeita de tentar obstruir as investigações da Operação Lava Jato.

"Nosso trabalho é republicano. Não há pessoa fora de investigação", disse em entrevista ao jornal O Estado de São Paulo.

De acordo com a publicação, quando foi questionado se ser presidente impediria um inquérito, ele respondeu: "De jeito nenhum, de jeito nenhum". Diante da insistência, Janot disse: "Não tem nada decidido". Mas voltou a comentar sobre a imunidade de Dilma. "Ninguém (está imune), ninguém". 

Nenhum comentário:

Postar um comentário