Web Radio Jesus Cristo Gospel: Semana decisiva para a Mirabela e funcionários

terça-feira, 15 de março de 2016

Semana decisiva para a Mirabela e funcionários


Apesar dos deputados que estão à frente da negociação entre a Mirabela e o governo do Estado afirmarem no último dia 07, durante audiência pública na Câmara de Vereadores de Ipiaú, que o acordo entre a mineradora e o governo da Bahia estaria praticamente fechado, até o momento a empresa ainda não divulgou se vai permanecer operando no Projeto Santa Rita, em Itagibá, ou vai encerrar as atividades temporariamente, demitindo cerca de 470 funcionários. Em fevereiro, a mineradora anunciou que iria parar a produção no dia 20 de março, domingo próximo. Todos os funcionários receberam o aviso prévio trabalhado que vence esta semana. Autoridades e sindicalistas correm contra o tempo em busca de soluções e o próximo passo, ainda ao longo desta semana, será a solicitação com o secretário da Fazenda, Manoel Vitório, em busca de soluções para a questão. A audiência pública realizada no dia 07 de março, em Ipiaú, resultou na criação de uma comissão de trabalho com deputados, governo do estado, prefeituras e câmaras locais e sindicatos, para que encontrem um acordo, com as digitais de todos envolvidos, de forma que os recursos sejam liberados, as atividades sejam retomadas e os empregos sejam mantidos. Segundo informações passadas pela empresa à comissão, o governo do estado estaria retendo cerca de R$ 45 milhões em créditos tributários, mas a Sefaz só reconhece R$ 19 milhões e o governo estaria garantindo o repasse imediato de R$ 6 milhões. As comunidades de Ipiaú e Itagibá temem que a Mirabela encerre as atividades e com isso, provoque um grande prejuízo no comércio. De acordo com dados da CDL de Ipiaú, cerca de R$ 1 milhão deve deixar de circular mensalmente no comércio de Ipiaú, caso a empresa interrompa os trabalhos. (Giro em Ipiaú)

Nenhum comentário:

Postar um comentário