Web Radio Jesus Cristo Gospel: O GIRO DA NOTICIA

quarta-feira, 15 de junho de 2016

O GIRO DA NOTICIA

Gongogi: Familiares culpam secretário de saúde por morte de criança recém-nascida


Bebê tinha 45 dias de recém-nascida. (Foto:Arquivo Familiar)
O Secretário Municipal de Saúde da cidade de Gongogi, Vitor Morais, está sendo acusado de omissão de socorro por parte da família de uma criança que faleceu no dia 31 de maio no hospital Manoel Novais em Itabuna. Na manhã desta terça feira (14), a mãe da criança, Fernanda Evangelista dos Santos Santana, acompanhada pela a avó, Joanice Evangelista dos Santos Santana procuraram a redação do site Ubaitaba Urgente para denunciar o caso. Segundo denuncia feita no MP, Vitor Morais, negou liberar para a família da recém-nascida, Isah Evangelista dos Santos Matos, com 45 dias de nascida, uma ambulância da prefeitura para socorrer a criança até o hospital de Itabuna, já que o bebê estava com dificuldades para respirar e tinha acordado com palidez, vomitando muito e com a boca roxa. 

A mãe da criança conta que no dia anterior a menina foi levada ao hospital da cidade de Ubatã e diagnosticada com uma infecção no pulmão pelo médico Dr. Jonathas, já que o hospital de Gongogi vem faltando médico com frequência. Após o não do secretário de saúde em liberar a ambulância, Fernanda e sua mãe dona Joanice, foram com a criançinha até a sala de Vitor Morais para tentar sensibiliza-lo e ele foi taxativo e respondeu: “Eu deixei bem claro que a ambulância só sai daqui com autorização de um médico”.No momento o hospital de Gongogi estava sem médico plantonista. Foi ai que a mãe e a avo da menininha foram à prefeitura falar com a secretária Michele para tentar convencer o secretário de Saúde a líber a ambulância. Após duas horas de negociações a ambulância foi autorizada a levar a criança para Itabuna. Dona Joanice conta que 15 minutos após o bebê dar entrada na emergência no hospital Manoel Novais, foi a óbito. Em contato com o radialista Jackson Cristiano, por telefone, Vitor Morais disse que vai se manifestar após ouvir a entrevista feita pela familia na Ubaitaba FM e logo em seguida emitir uma nota com sua versão. *Do Ubaitaba Urgente

Itabuna: Advogados fazem protesto contra prisão de colega


Protesto aconteceu em frente ao Fórum Ruy Barbosa. (Foto:Divulgação)
Um grupo de advogados protestou contra a prisão de um colega em frente ao Fórum Ruy Barbosa, em Itabuna, nesta terça-feira (14). Anderson Sá de Oliveira, 43 anos, foi preso no último dia 16 de maio, na Operação Capitania, acusado de integrar uma facção criminosa no Rio de Janeiro. Munidos de faixas, cartazes e apitos, os manifestantes pediram a libertação do defensor, informou o Pimenta Blog.
Advogado é acusado de envolvimento com uma facção no RJ. (Foto:TV Bahia)
Por conta da prisão, a subseção da Ordem dos Advogados do Brasil, seção Bahia, OAB-BA, em Itabuna, entrou com uma ação para tentar reverter a transferência dele para o Rio de Janeiro, mas não obteve sucesso. Segundo o presidente da subseção da OAB-BA, Edmilton Carneiro, existe risco à integridade física do advogado, por conta de ele ter denunciado uma juíza e policias do Rio de Janeiro. 


Dilma diz ser favorável a novas eleições caso volte ao governo


Foto: Marlene Bergamo/Folhapress
A presidente afastada Dilma Rousseff disse nesta terça-feira, 14, que seria a favor de novas eleições para ajudar o País a sair da crise política, caso retorne ao gabinete. Em uma entrevista concedida a agências internacionais, Dilma afirmou que primeiro deve sobreviver ao julgamento do Senado e disse que o Brasil está passando por um esgotamento político e que os brasileiros não acreditam mais no processo. “Isso tem de ser superado”, disse a presidente afastada. “Se houver necessidade de novas eleições, eu serei a favor”, completou. A petista foi impedida e suspensa pelo Senado no mês passado por ter usado supostas manobras fiscais para esconder lacunas no Orçamento. Ela tem negado malfeitos repetidamente, insistindo que os procedimentos foram uma “fraude” e um “golpe”.

Aumentam os prejuízos causados pela estiagem no sul da Bahia


Só um produtor de Itapé afirma ter perdido 60 cabeças de gado. (Foto:TV Santa Cruz)
A região cacaueira, no sul da Bahia, tem um conhecido polígono de criação de gado que fica entre os municípios de Itapé e Itororó, Itaju do Colônia e Potiraguá. Toda essa região está em crise devido a um longo período de estiagem. De acordo com o produtor rural Genilson Matos, ele já perdeu dezenas de animais por conta da seca. "Já morreram 60 vacas e 15 bezerros. Morreram também duas éguas e um cavalo", disse. Até o ano passado ele tinha 130 vacas que produziam aproximadamente 950 litros de leite por dia. Hoje tem 14 vacas produzindo 30 litros de leite, ou seja, despencaram tanto a produção quanto a produtividade, e ele ainda tem que dar leite para os bezerros que perderam a mãe. A estiagem também causa danos aos rios e represas da região, que secaram. O agricultor Ednei Soledade Teles conta que não está conseguindo sobreviver. "Quem depende da terra mesmo está passando necessidade", disse. O pecuarista José Evilásio Oliveira cria gado na região há mais de 60 anos e diz que vê com tristeza a situação. "Ou compra água e a ração para o gado, ou do contrário vai morrer. Não tem recurso, não tem água. O pior daqui é água, o gado está morrendo de sede", relatou. *Informações do G1

Ceplac promoverá 2º Encontro de Produtores de Frutas em Ipiaú


Primeiro Encontro aconteceu em novembro de 2014. (Foto:Arquivo/Giro em Ipiaú)
“Organização e Sustentabilidade” é o tema do 2º Encontro dos Produtores de Frutas de Ipiaú, que será realizado no próximo dia 15 de junho, pela Ceplac - Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira/Mapa, Prefeitura Municipal de Ipiaú e o Agropólo do Vale do Rio das Contas, no Centro Comunitário Batista Sete de Setembro, localizado à Rua Jaldo Reis, Ipiaú-Bahia. O Encontro, que integra o calendário de eventos do Agropólo do Vale do Rio das Contas, formado por 15 municípios, é coordenado pelo pesquisador da Ceplac, Antônio Carlos de Araújo e conta na sua organização com o apoio da equipe regional da Ceplac em Ipiaú. De acordo com o superintendente da Ceplac na Bahia, Carlos Alexandre, o evento representa uma oportunidade para que pesquisadores, extensionistas, fornecedores de insumos e produtores rurais, possam trocar experiências e informações, contribuindo para o desenvolvimento sustentável da fruticultura regional. O I Encontro de Produtores de Frutas e Cadeias Produtivas emergentes de Ipiaú aconteceu no mês de novembro de 2014. (Giro em Ipiaú)

Nenhum comentário:

Postar um comentário