Web Radio Jesus Cristo Gospel: Perseguidos mais não Vencidos

sexta-feira, 2 de junho de 2017

Perseguidos mais não Vencidos

Cristãos são presos por levarem crianças a acampamento bíblico, na Índia

Postado em: 02-06-2017

Funcionários do governo da Índia acusaram 10 adultos cristãos de violarem as leis de conversão estritas do país predominantemente hindu, de acordo com Fox News. Seu "crime"? Levar crianças para um acampamento bíblico de verão e com a aprovação dos pais destas.

Imagem redimensionadaA 'Lei de Liberdade Religiosa' do estado de Madhya Pradesh (aprovada em 1968), proíbe que indivíduos hindus se convertam para outra religião sem passarem por um longo processo que envolve a apresentação de documentos necessários para aprovação do governo.

Falando ao 'The Indian Express', o superintendente da polícia, Krishnaveni Desavatu, disse que os 10 cristãos tentaram ignorar a lei e "converter à força" os filhos de hindus. Embora as crianças já tivessem se convertido ao cristianismo, seus pais não haviam submetido a documentação adequada necessária "legitimar" esta conversão. Por isso, as crianças ainda são legalmente consideradas hindus.

"É por isso que as crianças e seus pais serão tratados oficialmente como hindus e não como cristãos", disse Desavatu ao The Indian Express.

Na semana passada, a polícia de Madya Pradesh parou um ônibus que levava 60 crianças e nove acompanhantes, enquanto eles estavam a caminho do acampamento de verão em Nagpur. No dia seguinte, a polícia parou outro ônibus com 11 crianças (e outros acompanhantes), que também estavam viajando para o acampamento, de acordo com a Fox News.

As autoridades afirmam ter "resgatado" os 71 filhos - muitos dos quais têm pais cristãos - e os colocaram em sob cuidados do conselho tutelar até serem interrogados por funcionários do governo. Depois disso, as crianças seriam liberadas para suas famílias.

O destino dos 10 adultos cristãos que estavam com as crianças, no entanto, permanece incerto.

De acordo com Fox, os acompanhantes inicialmente enfrentaram acusações de conversão e sequestro ilegais, já que as autoridades não acreditam que os pais das crianças estavam conscientes da viagem. A acusação de sequestro foi finalmente descartada, mas as acusações de "conversão forçada" comparativamente graves permanecem.

Líderes cristãos na Índia falaram em defesa dos acusados, citando a detenção dos acompanhantes das crianças como o último caso entre muitos dos cristãos indianos. Para piorar as coisas, as crianças e seus pais são membros da casta mais baixa do país, os dalits, às vezes chamados de "intocáveis". Este grupo está entre os mais vulneráveis ??da sociedade indiana.

"A traumatização desses filhos de dalits das aldeias do oeste da Madhya Pradesh é resultado da paranoia e do ódio direcionado que atualmente está varrendo o norte da Índia", disse John Dayal, porta-voz do Forum 'United Christian'.

"Nenhuma lei foi quebrada por qualquer pessoa neste caso, como também em incidentes de violência anti-cristã nas últimas semanas", disse ele.

De acordo com a organização 'Crux', os cristãos compreendem apenas 1% da população no estado indiano de Madhya Pradesh. Mais de 90% dos residentes são hindus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário